News
Loading...

TOP 7 CASAIS DOS GAMES QUE PRECISAM SE BEIJAR DE UMA VEZ POR TODAS!!


7 Casais dos Games que Precisam se Beijar de Uma Vez por Todas!  







Um dos maiores clichés da indústria do entretenimento. Pegue o herói e seu interesse amoroso óbvio, adicione alguns olhares significativos, alguns momentos em que eles quase se beijam e, em seguida, invente uma desculpa pra que o beijo não aconteça. Já ficou óbvio prós seus amigos, inimigos e todo o resto do sistema solar que esses dois estão destinados a ficar juntos – mas, por alguma razão, eles simplesmente não vão selar o romance.

Os video games têm seu quinhão de relacionamentos de longa data, sempre oscilando à beira do romance. Esses casais têm muito em suas mentes e não têm tempo pro amor, como a necessidade de salvar o mundo e tudo o mais. Com alguma sorte, alguns dos participantes nesta lista ainda vão ceder ao romance – depois de terem derrotado o último chefe, é claro.


1. Link e Zelda  







Primeiro Encontro: The Legend of Zelda – 1986

Link teve muitas mulheres em suas vidas, mas nenhuma delas com o destaque da princesa Zelda. Ao longo dos tempos, estes dois foram reunidos várias vezes, como se o próprio destino estivesse conspirando em seu nome. Mesmo assim, seu relacionamento nunca evoluiu pra além de um beijo no rosto ou um aperto de mãos. Apesar do fato de que já salvaram a pele um do outro incontáveis vezes, eles não dão sequência ao relacionamento. Embora, pra ser justo, o fato de quase todos os jogos serem um primeiro encontro numa nova encarnação não ajuda.

Lembra do Spirit Tracks? Lembra todos os olhares longos significativas, deles corados e segurando as mãos? Ou Skyward Sword, onde está implícito que Link e Zelda acabam juntos após Zelda decidir permanecer na superfície, mas quem pode dizer com certeza? Há algumas exceções, é claro, como em Twilight Princess, onde a amiga de infância Ilia é o par de Link. Mas estas são as exceções. Nem na versão da Philips ele consegue – e olha que ele tenta!


2. Sora e Kairi  







Primeiro Encontro: Kingdom Hearts – 2002

Desde o início da franquia, Kingdom Hearts explora os sentimentos de Sora por Kairi. Mas há sempre uma outra missão – ou outro sequestro – que mantém os dois separados. Em Kingdom Hearts 2, Saix mesmo diz que Kairi é “o fogo que alimenta a raiva de Sora” – pra própria Kairi -, que soa como uma coisa muito estranha pra escrever num cartão de Dia dos Namorados.

As formas e meios em que os sentimentos de Sora por Kaire – e vice-versa – são telegrafados são tão frequentes e numerosos que eu não posso apertá-los todos neste parágrafo. Não precisa dizer que estes jovens amantes estão flertando a mais de uma década e nós tivemos que esperar o poder dos consoles atuais pra vê-los juntos – assim esperamos.


3. Ada e Leon  






Primeiro Encontro: Resident Evil 2 – 1998

Ah, aqui está um casal divertido. Apesar do fato de que eles estão sempre apontando armas um pro outro, abertamente se atacando periodicamente, Ada Wong e Leon Kennedy já estão flertando há 17 anos. Seria bom um beijo antes que eles acabem se matando, não é mesmo?

Falando sério, Ada parece abrigar uma genuína afeição por Leon. Um dos exemplos mais proeminentes pode ser encontrados em Resident Evil 2, quando um Ada confessa “eu não quero perder você”. Exemplos mais recentes podem ser encontrados em Resident Evil 4 e 6, onde Ada parece variar entre sacanear Leon e expressar empatia genuína. Eles poderiam, ao menos, aproveitar que não se beijam e terem diálogos menos clichês.


4. Raynor e Kerrigan  





Primeiro Encontro: StarCraft – 1998


O amor conquista tudo, certo? Certo? Talvez, mas Kerrigan – mais conhecida por seu apelido de punk rock Rainha das Lâminas – está apostando que vai demorar mais do que alguns sentimentos piegas pra derrubar um antigo mal que ameaça a galáxia. E ela chegou a essa conclusão apenas momentos depois de terminar seu primeiro encontro com Jim Raynor. Este “encontro” envolveu assassinar um velho em seu escritório, mas não entremos em semântica.

Kerrigan e Jim estão destinados ao fracasso e é exatamente por isso que você quer torcer por eles. Seus trabalhos vêm em primeiro lugar por enquanto, com aquele antigo mal galáctico e tudo, mas quando Jim finalmente abaixar a guarda e Kerrigan abaixar as lâminas, não seria bom ver os dois assistindo o pôr do sol juntos? Talvez eu seja apenas um romântico…



5. Elika e Príncipe  




Primeiro Encontro: Prince of Persia – 2008

Relacionamentos saudáveis não vêm sem conflito e tumulto. É superar esses tempos difíceis e seguir em frente que faz uma relação forte. Elika e Príncipe certamente experimentaram seu quinhão de problemas. Depois de enfrentar uma aventura juntos preenchida com o trabalho em equipe e as observações de paquera, o palco parecia definido prum clássico “felizes para sempre”. Em vez disso, o destino foi azedo pra eles.

No final do jogo, o príncipe é confrontado com uma escolha sádica: ou deixar a mulher que ele está apaixonado permanecer morta ou deixar que um antigo mal ressurja – desfazendo, assim, tudo o que realizou no jogo – pra trazê-la de volta à vida. Ele escolhe a segunda opção e ela se ressente por isso. Infelizmente, como não houve sequência até agora, é improvável que esses dois vão fazer as pazes, apesar da química que eles compartilham.


6. Gordon e Alyx  




                           

Primeiro Encontro: Half-Life 2 – 2004

O perpétuo silêncio de Gordon faz seu relacionamento um pouco unilateral – a não ser que você seja uma daquelas pessoas que imagina as falas de Gordon. De qualquer forma, os jogos têm fortemente implícito que Gordon e Alyx estão destinados a ficar juntos, com a Alyx tendo um gosto pelo médico estoico desde o momento que eles se conheceram.

Após esse fatídico encontro, o par salva a pele um do outro algumas vezes, com a mais memorável instância que ocorre em Half-Life 2: Episode 2. Aqui, Alyx é mortalmente ferida e, através de um antigo ritual alienígena, ela é curada com a ajuda dos Vortigaunts que “tecem a vida do Freeman com a dela”. Alyx parece legal com tudo isso e ainda fica um pouco nervosa quando o pai menciona a possibilidade de netos. Tudo o que falta é uma afirmação do amor, que os fãs estão esperando há oito anos pra ver – ou ouvir.


7. Monkey e Trip  






Primeiro Encontro: Enslaved: Odyssey to the West – 2010

Monkey e Trip passam por um arco de relacionamento real ao longo dos acontecimentos de Enslaved. Eles começam como, essencialmente, adversários, com Monkey atuando como escravo involuntário de Trip e seu guia através do deserto infestado de robôs. Aos poucos, sua relação se transforma numa espécie de aceitação relutante, então amizade e então algo mais.

Isso tudo culmina na oferta de Trip de libertar Monkey da sua servidão e Monkey preferindo permanecer ao seu lado. Neste ponto, fica mais do que claro que eles estão apaixonados, mas isso acaba varrido pra debaixo do tapete no final do jogo. Em algum lugar entre todos os robôs gigantes, o relacionamento de Monkey e Trip cai no esquecimento, presumivelmente pra ser abordado numa sequência que provavelmente nunca veremos.
Sentimentos Engraçados.



A vida é muito curta para oportunidades perdidas. Por isso, nos conte quais casais você quer que se beijem logo nos comentários abaixo!


GOSTOU?

CURTA NOSSA PAGE NO FACEBOOK

Share on Google Plus

About Ryu To Tora

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário